BOLETIM INFORMATIVO

O SINDICAL começa a partir deste mês de novembro de 2010 à realizar a campanha salarial, 2010/2011 que determinará o aumento do piso salarial e o reajuste sobre os demais salários a serem praticados a partir do dia 1º de janeiro do ano de 2011. Sabemos que a luta não será fácil, mas não é impossível! A união dos trabalhadores é imprescindível. Lutaremos juntos, quem não vir para esta luta é contra a classe trabalhadora. Portanto, contamos com cada um de vocês. O SINDICAL é o sindicato mais combativo da região e vai lutar com todas as forças necessárias para fazer valer os direitos dos trabalhadores.

Esta é a pauta de reivindicações simplificada para aprovação na base

ü Mudança da data-base para o dia 01 de Maio;

ü Piso Salarial de R$ 650,00 (seis centos e cinqüenta reais);

ü Reajuste Salarial de 22.5% (vinte e dois, cinco por cento) para o Piso Geral; acima do Piso para quem ganha até 2.200 de 17% (dezessete por cento);

ü Reposição Salarial (fazer os cálculos);

ü Redução da Jornada de Trabalho de 44 horas para 40 horas Semanais;

ü Auxílio Educação para todos os trabalhadores da base, no valor de R$ 120,00 (cento e vinte reais) por mês, durante o ano letivo;

ü Adicional Noturno de 100%;

ü Participação nos lucros e Resultados nas empresas no valor de dois pisos da categoria, Formar comissão em todas as empresas;

ü Hora extra de 100% (cem por cento) em dias normais e 150% (cento e cinqüenta por cento) em sábados e 200% (duzentos por cento) em domingos e feriados;

ü Auxilio creche no valor de R$ 120,00 (cento e vinte reais) para filhos com até 14 (quatorze) anos a ser pago para mães e pais sem nenhuma distinção como reza a Constituição Brasileira. Tirar da Convenção Coletiva a redação que solicita aos pais Recibos, porque já foi apresentado a Certidão de Nascimento;

ü Cesta – básica no valor de R$ 160,00;

ü Plano de Cargos e Salários, Profissionalização dos trabalhadores em suas carteiras de trabalho com a função exercida na empresa para que os mesmos sejam valorizados pela sua profissão;

ü Valorização por Tempo de Serviço, a cada 03 (três anos) trabalhados reajustar o salário do Operador em 03 (três por cento);

ü Formar Comissão de Delegados de Base, (Ver a Legislação e preparar o texto);

ü Formar Comissão em Saúde do trabalhador, (Ver a Legislação e preparar o texto);

ü Taxa Assistencial a definir por Sindicato, a serem descontadas em folha de pagamento de todos os trabalhadores, para custeio da campanha salarial e das despesas das negociações, assembléias e outras atividades sindicais em defesa dos trabalhadores;

ü Funcionamento dos refeitórios em cada uma das empresas espalhadas na base territorial dos sindicatos;

ü Transporte em todas as bases subsidiadas pelas empresas.